CO(A)NTADOR

O que ando fazendo do lado de cá da tela: reajustes. Isso inclui desde textos até músicas. Os textos, nem todos posso colar aqui (um deles vai aparecer em breve online, junto a uma obra da coleção da Pinacoteca de São Paulo, a convite deles), mas as músicas, o que tenho ouvido, continua rolando no blog.

Já tive uma banda e já cheguei a não conseguir ouvir música. Acho que são dois extremos que me fazem parecer duas pessoas diferentes numa só, separadas apenas por duas épocas distintas. Com a experiência só posso afirmar que de fato a vida parece preferível com música. Lembro que conheci alguém que alegava não suportar música. De nenhum tipo. Não lembro exatamente dessa pessoa, de mais nada sobre ela além dessa estranheza. É claro.