escrever é renunciar – o diabo dessa vida é que entre cem caminhos, temos que escolher apenas um e viver com a nostalgia dos outros noventa e nove. pois bem: a literatura é como se você tivesse de renunciar a todos os cem… parece muito evangélico: aquele que perder sua vida a salvará. mas às avessas, procurar Deus onde ele não se encontra. a atividade literária é exatamente isso. não se deter diante de nada, não respeitar nada. valerá a pena? os que têm nojo fracassam. que se faria do lixo, se ninguém quisesse ser lixeiro? f.s.