n.p.> richard cheese / de uma conexao undercover no quarto de um amigo>

teclado americano, nao me entendo com ele.

niti> “aquele imperador apresentava constantemente a si mesmo a fugacidade de todas as coisas a fim de nao tomar excessivamente a serio e entre elas permanecer tranquilo. a mim, pelo contrario, tudo me parece ser demasiadamente valioso para que pudesse ser fugaz. busco uma eternidade para cada coisa: por acaso deveriam ser atirados ao mar os mais preciosos unguentos e vinhos? é meu consolo que tudo quanto o foi é eterno: o mar voltará a atirá-lo sobre a margem.”